» »Unlabelled » CONFIRA OS ESPETÁCULOS DA GRADE DE PROGRAMAÇÃO DO I FESTIVAL DE TEATRO TERRA DAS ÁGUAS, E AS PERSONALIDADES DO TEATRO PERNAMBUCANO QUE O TROFÉU PENA BRANCA, IRÁ HOMENAGEAR

No período de 06 a 09 de setembro de 2017, a cidade de São Benedito do Sul, irá ser o palco das produções teatrais, no interior pernambucano, durante a realização do I FESTIVAL DE TEATRO TERRA DAS ÁGUAS. Confira abaixo, os espetáculos que estarão presentes na grade oficia do festival.
01 – Medéa: O Evangelho, adaptação da obra de Eurípedes por Albemar Araújo, direção de Normando Roberto, Grupo Haja Teatro. Paulista
02 – Willy na Terra dos Meninos Invisíveis, texto e direção Anderson Abreu, grupo de Teatro Pedra Polida de Olinda.
03 – Pega pra Capar, texto e direção de Antonio Nogueira. Teatro Popular dos Coelhos e Tonho & Tonha Produções e Eventos. Recife
04 – História de Lenços e Ventos, texto de Ilo Krugly, direção de Charlon Cabral, grupo Galpão das Artes. Limoeiro
05 – Vinte e Cinco Anos de Munganga, texto José Brito, direção de Alberto Brayner. Recife
06 – As Malditas, texto de Luiz Navarro, direção Odé Félix, grupo Trupe de Teatro Ká e Lá e Gambiarra Produções. São Benedito do Sul/Recife.
07 – País da Emoção, texto e direção Rafael Amâncio, grupo Ciarte. Caruaru.
08 – Angelicus Prostitutus, texto de Hamilton Saraiva e direção de Rudimar Constância, grupo Sesc Piedade. Jaboatão dos Guararapes.
A Última Cólera no Corpo do meu Negro - Foto Divulgação
09 – A Última Cólera no Corpo do meu Negro, texto de Raphael Gustavo e direção de César Leão, Cia Experimental de Teatro. Vitória de Santo Antão
10 – O Mascate A Pé Rapado e Os Forasteiros, texto de Díogenes de Lima, Supervisão Artística de Marcondes Lima e Jaime Santos. Paulista.
11 – A Podridão que Há em Mim, texto e direção de Anderson Leite. Grupo de Teatro São Gens. Recife.
12 – Sonhos do Palhaço Nuneco, texto e direção de Rafael Amâncio, grupo Ciarte. Caruaru.
13 – Pernambuco: A República Nasceu Aqui, texto e direção de Genivaldo Francisco, Bando de Teatro A Gente Já Disse Tudo/ Fabrica Fazendo Arte. Olinda.
14 – A Bandeira do Soldado, texto de Marinês Melo, direção Luiz Arruda, Grupo Gambiarra Produções.
Os espetáculos citados, concorrem ao Troféu Pequena Barca, em diversa categorias, cada um dos troféus homenageia uma figura importante do Teatro de Pernambuco. Confira:
Melhor espetáculo: Pequena Barca Hermilo Borba Filho
Melhor diretor: Pequena Barca Marcus Siqueira
Melhor ator: Pequena Barca Pernalonga 
Melhor atriz: Pequena Barca Maria de Jesus Baccarelli
Melhor ator coadjuvante: Pequena Barca Carlos Varella
Melhor atriz coadjuvante: Pequena Barca Conceição Acioli
Melhor maquiagem: Pequena Barca Henrique Celibi
Melhor cenografia: Pequena Barca Beto Diniz
Melhor figurino: Pequena Barca Elmar Castelo Branco
Melhor sonoplastia: Pequena Barca Maestro Joca do Cajá
Melhor texto: Pequena Barca Luiz Marinho 
Revelação infantil: Pequena Barca Nozinho de Igarapeba
Revelação adulto: Pequena Barca Terezinha Porto

            Em sua programação o Festival Terra das Águas, conta com espetáculos para crianças, jovens e adultos, com sessões as 10h, as 16h e as 20h, em espaços alternativos. Com apoio cultural da Prefeitura Municipal de São Benedito do Sul, através das suas Secretarias da Juventude e de Cultura, e da Federação de Teatro de Pernambuco-FETEAPE, o festival é realizado pelo Fórum Permanente de Cultura – SBS Engenho das Artes. E você é o convidado especial para participar de toda programação.


por Luiz Pereira Neto

Postador CIA. DE EVENTOS LIONARTE

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga